Curso Técnico Superior Profissional em Cozinha e Inovação Alimentar

O curso Técnico Superior Profissional em Cozinha e Inovação Alimentar visa formar profissionais aptos para conceber, organizar e executar as atividades de preparação e confeção alimentar, acompanhando as novas tendências e criatividade ao nível da cozinha e da gastronomia, valorizando o receituário tradicional português, respeitando os princípios da sazonalidade, segurança alimentar e nutrição.

Atividades Principais:

  • Produzir alimentos em contexto de gastronomia, baseando-se na gastronomia portuguesa e em algumas gastronomias internacionais;
  • Produzir produtos de padaria e de pastelaria popular e conventual;
  • Produzir alimentos com utilização de técnicas gastronómicas avançadas;
  • Aplicar aditivos alimentares a preparações de forma correta para melhorar as propriedades organoléticas dos alimentos;
  • Implementar sistemas de gestão de segurança alimentar;
  • Elaborar estudos de avaliação da satisfação dos alimentos e/ou refeições servidas, interagindo por isso junto dos clientes e/ou consumidores;
  • Modificar o receituário tradicional português, de forma a criar refeições mais equilibradas nutricionalmente;
  • Calcular as cargas calóricas dos alimentos e refeições, criar e dimensionar menus, incluindo para pessoas com necessidades nutricionais especiais;
  • Gerir e integrar equipas multidisciplinares;
  • Elaborar documentos e relatórios de gestão com os indicadores mais relevantes e sistematizar a informação operacional;
  • Organizar uma adega de vinhos de um restaurante;
  • Organizar a gestão física de uma cozinha profissional;
  • Empratar alimentos para os diferentes tipos de serviços de restauração com recurso a soluções criativas;
  • Gerir e controlar os custos de produção.

 

  • Quando se pode inscrever num curso TeSP?

     O período de candidaturas é definido anualmente no Edital do Concurso de Acesso aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais.

  • Razões para tirar um curso TeSP

    • Desenvolver competências técnicas específicas para iniciar uma atividade profissional.
    • Adquirir formação de tipo superior e integração imediata numa empresa através de estágio de 6 meses.
    • Aumentar a possibilidade de encontrar um emprego, com maior expectativa salarial.
  • Destinatários

    ACESSO DIRETO SEM REALIZAÇÃO DE PROVA

    • Titulares de um curso de ensino secundário profissional de Nível 4.
    • Titulares do 12º ano completo ou habilitação legalmente equivalente.
    • Titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET).
    • Titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

    ACESSO COM REALIZAÇÃO DE PROVA

  • Propina

    650€, podendo ser paga em 10 prestações*.

    *Ver Apoios Sociais.

  • Ação Social

    • Possibilidade de Bolsa de Estudo * que pode ir até 5.261,42 euros, paga em 10 prestações mensais.
      (valor mínimo assegura o pagamento da propina na íntegra)
    • Fundo de Emergência **
      (apoio a fundo perdido na aquisição de refeições, despesas de transporte e despesas de reprografia e material escolar)
    • Bolsa de Colaboradores **
      (participação remunerada dos estudantes em atividades adequadas do IPCA)
    • Alimentação ***
      (acesso a refeições a preços sociais)
    • Serviços de Saúde ***
      (acesso facilitado a consultas de clínica geral no Centro de Saúde de Barcelos e consultas gratuitas no Gabinete de Psicologia do IPCA)
    • Serviços de Transporte ***
      (serviço exclusivo de autocarro Braga-Campus do IPCA e Campus do IPCA-Braga, a preços sociais)

    * qualquer aluno pode candidatar-se a Bolsa de Estudo.
    ** exclusivo para estudantes em situação de carência económica.
    *** disponível para todos os estudantes do IPCA.

  • Candidaturas

    A candidatura realiza-se através do Portal de Candidaturas.

     

    Se tiver dificuldades em formalizar a sua candidatura, poderá solicitar apoio junto dos Serviços Administrativos dos Polos de Braga e Guimarães, bem como dos Serviços Académicos no Campus do IPCA, em Barcelos, no respetivo horário de atendimento.

  • Mais informações

    Poderá obter mais informações sobre os CTeSP através dos seguintes contactos:

    telefone

    Polo de Braga – 253 802 206

    Polo de Guimarães – 253 802 208

    email
    tesp@ipca.pt